Melhor de lá, melhor de cá

25 jan

Créditos: Aaron M. Sprecher / Site da NFL

Da mesma forma que o melhor time da temporada regular da AFC conseguiu uma das vagas para o Super Bowl XLIV (Colts), o melhor time da NFC também conseguiu um lugar na final da NFL. Com a vitória sobre o Minnesota Vikings, na prorrogação, por 31 a 28, o New Orleans Saints conseguiu, pela primeira vez na história da equipe, chegar à grande decisão do futebol americano.

Depois de um jogo acirrado, com muitos turnovers cedidos pelos Vikings (principalmente pelo RB Adrian Peterson, que, apesar dos erros, foi um dos destaques da partida, com 3 TDs) e com muitas jardas perdidas em faltas pelo lado dos Saints, o herói da final da Conferência Nacional foi o kicker Garrett Hartley, que acertou um field goal de 40 jardas na prorrogação.

Quanto aos quarterbacks, Drew Brees, de NO, foi muito melhor, alegrando os 71.276 torcedores que compareceram ao Superdome, maior público na história do estádio. O número 9 dos Saints acertou 17 passes de 31 tentados, para 197 jardas e 3 touchdowns, chegando à bela marca de 34 TDs em toda temporada.

Já Brett Favre acabou sofrendo com uma pancada que o fez torcer o tornozelo no final do terceiro quarto e acabou “entregando” o jogo em uma das últimas jogadas do tempo normal, quando sofreu uma interceptação. O veterano fechou a partida com 28 de 46 passes, 310 jardas, 1 TD e 2 INTs.

Agora, os Saints enfrentarão o Indianapolis Colts no Super Bowl XLIV, no dia 07 de fevereiro.  O time de New Orleans viajará até o Sun Life Stadium, em Miami, em busca da primeira conquista da equipe em uma final da NFL.

Confira os melhores momentos da partida:

3 Respostas to “Melhor de lá, melhor de cá”

  1. Marcelo 26/01/2010 às 01:06 #

    maaaaaaaano!
    Patriots eliminados, Bengals eliminados, agora os Vikings fora tbm!!!
    E Colts no superBowl ainda! Que desgraça. só o Saints ganhando o SuperBowl pra salvar mesmo.

  2. Marcelo 26/01/2010 às 01:06 #

    Mark Sanches ta no primeiro ano dele na NFL?

    • Caio Martins 26/01/2010 às 14:08 #

      Sim, no primeiro ano. Ele foi a 5ª escolha do draft deste ano, a primeira dos Jets. Mas que fique bem claro que, este ano, ele só chegou à final de conferência por causa dos running backs (que foram os melhores da NFL em jardas) e por causa da defesa da equipe que foi muito bem.
      Olhando mais para o futuro, o garoto tem tudo para ser bom: é rápido, tem braço. O que falta é um pouco de liderança e um pouco mais de visão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: